Vereador renuncia ao cargo após dar três palmadas na cara do presidente da câmara de Madrid

Um vereador da câmara de Madrid demitiu-se depois de, numa reunião pública, ter dado três palmadas na cara do presidente da autarquia, José Luis Martínez-Almeida, que o acusou de violência. O vereador socialista Daniel Viondi dirigiu-se ao lugar onde estava Martínez-Almeida para lhe entregar um documento e, em seguida, deu-lhe três palmadas na face. Segundo o presidente da câmara, o vereador disse-lhe a frase “estás a cometer um erro”, em tom desafiador, enquanto lhe tocava na cara com a palma da mão. “O senhor Viondi tocou-me na cara três vezes com um tom ameaçador”, disse Martínez-Almeida, depois de pedir a palavra ao presidente da assembleia.

Fonte