Procurados em França os suspeitos de matar ex-militar por engano

Procurados em França suspeitos de matar ex-militar

Dois homens e uma mulher suspeitos de matarem o ex-militar Allison Gonçalves, por engano, em Grândola, no ano passado, estão a ser procurados pelas autoridades em França, avança o JN.

Na madrugada de dia 25 de junho de 2023, os criminosos invadiram uma casa no Bairro do Isaías por quererem ajustar contas com um homem com quem tinham tido um desentendimento numa festa popular. A habitação era de Allison que nada tinha a ver com a situação.

Assim que se levantou da cama e foi à sala, o brasileiro foi surpreendido por um homem armado e por uma mulher junto à porta. Os suspeitos fizeram uma pergunta sobre o homem que pretendiam encontrar. Allison, que não conhecia o indivíduo e por se aperceber do perigo, tentou manietar o intruso, mas este acabou por disparar três vezes. O brasileiro acabou por morrer à frente da mulher, que estava na altura grávida de cinco meses. Tinha 35 anos.

Depois de cometerem o crime, o homem e a mulher que invadiram a casa saíram da habitação e fugiram no carro do terceiro suspeito. O veículo acabou por ser encontrado no mesmo dia, com droga no interior, mas os suspeitos não voltaram a ser vistos.

Fonte