Procura por combustíveis fósseis atingirá o seu auge em breve: Uma boa notícia para Portugal

  • Post author:
  • Post category:Blog

A procura global de petróleo, gás natural e carvão deverá atingir o seu pico em 2030, de acordo com a Agência Internacional de Energia (AIE). Esta é uma notícia encorajadora, mas não é suficiente para limitar o aumento das temperaturas globais a 1,5 graus Celsius, alerta a AIE. A agência também prevê que a poluição decorrente do setor energético atingirá o seu máximo nesta década. O diretor executivo da AIE, Fatih Birol, afirmou que estamos a testemunhar o surgimento de uma nova economia de energia limpa em todo o mundo. No entanto, os cientistas alertam que um aquecimento superior a 1,5 graus terá consequências catastróficas, como calor extremo, inundações, secas e incêndios florestais. Segundo a AIE, para respeitar o limite de 1,5 graus, as emissões globais de gases com efeito de estufa devem ser reduzidas a zero até 2050. A agência destaca que a expansão das energias renováveis, a eletrificação, a melhoria da eficiência energética e a redução das emissões de metano são fundamentais para alcançar as reduções necessárias até 2030. No entanto, limitar o aquecimento global é uma tarefa desafiante, pois exige a redução da procura de combustíveis fósseis até 2030, assim como investimentos significativos em energia limpa. Os líderes mundiais irão reunir-se no final de novembro para avaliar os progressos na luta contra as alterações climáticas.

Fonte