Prisão preventiva de suspeito de homicídio em Pedrogão Grande

  • Post author:
  • Post category:Blog

A Polícia Judiciária (PJ) anunciou esta quarta-feira que o suspeito do homicídio em Pedrógão Grande, que terá ocorrido no domingo, ficará em prisão preventiva após ter-se entregado às autoridades no dia do crime. Em comunicado, a PJ explicou que o homem de 27 anos é suspeito de “homicídio e de profanação de cadáver”, pelo incidente que ocorreu num pinhal da freguesia da Graça, no concelho de Pedrógão Grande. As autoridades explicam que o homem tem nacionalidade estrangeira e que, enquanto organizador de uma festa numa zona rural, “conduziu a vítima para um local de floresta, isolado, onde, munido de uma faca, o atacou, com inusitada violência, atingindo-o em várias zonas do corpo e provocando-lhe a morte”. “Após cometer o homicídio, o suspeito ocultou o cadáver, utilizando ramos de árvore e peças de roupa”, é descrito. O suspeito terá confessado o crime a outros participantes na festa, que confirmaram o incidente e contactaram a Guarda Nacional Republicana (GNR). Acabaria por se entregar ao posto da GNR de Figueiró dos Vinhos pelas 6h30 de domingo. A PJ acrescenta que a vítima, um homem de 37 anos, também ele de nacionalidade estrangeira, “deslocou-se de propósito a Portugal para participar no evento, e, aparentemente, não conhecia pessoalmente o arguido”. “Ainda não foi possível apurar o motivo para a prática dos crimes, mas, ao que tudo indica, estará afastada qualquer relação com jogos ou desafios online”.

Fonte