“Não vou desistir da minha filha”: Mãe de jovem que faleceu após cirurgia na vesícula busca por justiça

  • Post author:
  • Post category:Blog

A Inspeção-Geral das Atividades em Saúde está a investigar a morte de Débora Peralta, de 25 anos, no Hospital Curry Cabral. O caso ocorreu em julho, quando a jovem foi internada para remover uma pedra na vesícula, mas acabou por sofrer uma perfuração no intestino e morreu. A Inspeção-Geral está a realizar um inquérito para apurar todos os factos relacionados com este caso.

O caso foi inicialmente divulgado pelo Correio da Manhã e levantou preocupações sobre a qualidade do atendimento médico nos hospitais. A morte de Débora Peralta levanta questões sobre possíveis erros médicos e negligência.

A Inspeção-Geral das Atividades em Saúde é responsável por investigar e monitorar a qualidade dos serviços de saúde em Portugal. A sua missão é garantir que os padrões de segurança e qualidade sejam cumpridos e que os pacientes recebam o melhor atendimento possível.

A morte de Débora Peralta é uma tragédia e destaca a importância de uma investigação rigorosa para evitar que casos semelhantes ocorram no futuro. É fundamental garantir a segurança dos pacientes e a responsabilização dos profissionais de saúde envolvidos.

A Inspeção-Geral das Atividades em Saúde continuará a investigar este caso para determinar as circunstâncias da morte de Débora Peralta e tomar as medidas necessárias para evitar que situações semelhantes ocorram no futuro. É essencial que os pacientes confiem nos serviços de saúde e sintam-se seguros ao procurarem atendimento médico.

Fonte