Miguel Oliveira termina em 11.º nos treinos livres e enfrenta Q1 no Japão, ficando a apenas 0,056 de distância do salto.

  • Post author:
  • Post category:Blog

Miguel Oliveira teve um desempenho abaixo do esperado no Grande Prêmio da Índia. O piloto português admitiu que não conseguiu ser competitivo durante a prova. Esta foi a primeira vez na temporada de 2023 em que Oliveira enfrentou vários problemas. Ele sofreu abalroamentos nas primeiras curvas e também teve problemas técnicos com a sua moto. Oliveira destacou que a aceleração fora das curvas lentas é um dos pontos em que precisa melhorar. Ele espera dar a volta por cima no próximo Grande Prêmio do Japão.

Esta foi a primeira vez que Oliveira não conseguiu terminar entre as dez primeiras posições. Nos Grandes Prêmios anteriores, ele conseguiu chegar ao fim nas Américas, na Alemanha, na Grã-Bretanha, na Catalunha e em São Marino.

Apesar do resultado negativo, Oliveira conseguiu identificar os pontos fracos da sua moto e sabe onde precisa melhorar. Ele está ansioso para encontrar soluções e ter um bom desempenho no próximo Grande Prêmio.

É importante destacar que Oliveira teve sucesso em Grandes Prêmios que faziam a estreia no calendário, como Portugal em 2020 e a Indonésia em 2022. No entanto, o Circuito Internacional de Buddh não proporcionou uma boa experiência ao piloto português.

Fonte