Homem condenado a 23 anos de prisão por incendiar quarto da mãe e causar sua morte no Porto

Um homem foi condenado a 23 anos de prisão por ter provocado um incêndio que resultou na morte da sua mãe, no Porto, em novembro do ano passado. No dia do crime, Bruno Rodrigues, de 37 anos, exigiu dinheiro à mãe, Maria Manuela Brito, de 68 anos, que recusou. Furioso, empurrou dois armários para cima dela e ateou fogo junto ao quarto. Enquanto a mãe morria, Bruno foi para a cozinha comer. A relação entre os dois era marcada por discussões e violência, sendo que Bruno aterrorizava a mãe há mais de duas décadas devido ao seu vício em drogas. Para alimentar os seus vícios, Bruno obrigava a mãe a entregar-lhe dinheiro, chegando mesmo a ameaçá-la de morte. No dia do homicídio, Maria Manuela Brito pediu ajuda ao filho, mas foi ignorada. Bruno só ligou para o 112 quando a mãe já estava envolvida pelas chamas.

Fonte