Governo aprova hoje legislação para privatização da TAP

O Governo português irá aprovar hoje, em Conselho de Ministros, o diploma que irá enquadrar o processo de privatização da TAP. O primeiro-ministro, António Costa, mencionou a possibilidade de privatizar a totalidade do capital da companhia aérea, embora o montante a ser definido e o parceiro escolhido sejam ainda incertos.

António Costa anunciou que o Governo irá aprovar o diploma que estabelecerá o enquadramento do processo de privatização da TAP. O presidente executivo do International Airlines Group (IAG), Luis Gallego, demonstrou interesse nas condições da privatização da TAP, considerando que seria uma oportunidade interessante para o grupo.

A privatização da TAP é um assunto de grande importância para o setor aéreo em Portugal. A decisão de privatizar a companhia tem gerado debate entre os políticos e a sociedade, com argumentos a favor e contra. Enquanto alguns defendem que a privatização permitirá a entrada de investimento estrangeiro e o crescimento da empresa, outros argumentam que a TAP é um símbolo nacional que deve ser mantido sob controlo do Estado.

A privatização da TAP também tem despertado interesse por parte de outras empresas do setor, como o IAG. Este interesse demonstra o potencial que a companhia portuguesa tem, tanto a nível nacional como internacional.

Em conclusão, a aprovação do diploma que irá enquadrar o processo de privatização da TAP é um passo importante para a concretização desta medida. O interesse de empresas como o IAG demonstra que a TAP é uma companhia com potencial de crescimento e atrativa para investidores. Agora, resta aguardar pela definição do montante a ser privatizado e pelo parceiro escolhido.

Fonte