Governo anuncia venda de mais de metade da TAP

O Governo anunciou esta quinta-feira em Conselho de Ministros que pretende alienar pelo menos 51% do capital da TAP, reservando até 5% para os trabalhadores. Fica assim aprovado o diploma que garante o enquadramento desta venda a “um investidor de escala” no mundo da aviação que ainda está por escolher. Essa escolha, sublinhou o ministro das Finanças, passa pela concretização de prioridades como “o crescimento da TAP e do hub nacional”, “assegurar o investimento e emprego em atividades de alto valor no setor da aviação” e de assegurar o “crescimento de operações ponto a ponto” que aproveitem as estruturas já existentes a nível nacional”. Outra das condições é, “naturalmente”, o preço.

Aprovado este diploma, o passo seguinte é a escolha dos assessores que vão aconselhar o Governo neste processo de alienação e no diálogo com potenciais investidores. Já a nível de calendarização, Fernando Medina aponta para o “final deste ano ou mais tardar no início do próximo ano” como o prazo para apresentar e aprovar em Conselho de Ministros o caderno de encargos desta operação. “Aí, definirá de forma mais fina a concretização e ponderação do valor estratégico”.

Fonte