Descoberta em Portugal: As Pegadas de Dinossauros Mais Antigas da Península Ibérica

Foram descobertas pegadas de dinossauros com 195 milhões de anos em Alvaiázere, no distrito de Leiria, tornando-se assim as mais antigas da Península Ibérica. A descoberta foi divulgada num estudo científico realizado por investigadores portugueses e publicado na revista internacional Historical Biology. As pegadas foram encontradas numa camada de rochas carbonatadas da Formação de Coimbra, datada do Jurássico Inferior. Estas pegadas foram atribuídas a dinossauros ornitísquios e a crocodilomorfos. Segundo o Centro Português de Geo-História e pré-História e o Instituto Politécnico de Tomar, esta descoberta permitiu identificar uma nova espécie de dinossauro, denominada ‘Moyenisauropus lusitanicus’, ampliando assim o conhecimento sobre a diversidade de dinossauros e outros vertebrados no registo fóssil do Jurássico Inferior europeu e mundial. Esta descoberta é também a mais antiga ocorrência de dinossauros na Península Ibérica, superando as pegadas de Saurópodes encontradas na Pedreira do Galinha, com cerca de 170 milhões de anos.

Fonte